Ignez Ferraz, arquitetura & design  
Loading
     
cheap nike jerseys wholesale nba jerseys louboutin outlet sale louboutin outlet cheap nfl jerseys cheap christian louboutin cheap nfl jerseys tiffany outlet online Tiffany Outlet cheap louboutins shoes Cheap christian louboutin shoes cheap nfl jerseys
PERFIL
CONTATO
NA MÍDIA
ARTIGOS
DICAS
 
Portfólio
DESIGN - MÓVEIS
ARQUITETURA
INTERIORES
MOSTRAS
Vendas
MÓVEIS
Apoio
arquitetura & construção
design & internet
 
 home » artigos » quartos infantis - espaço para estudar
Quartos Infantis - Espaço para estudar
Por Ignez Ferraz
Studying better into colours and new shapes of children furniture


TODOS OS EXEMPLOS DESTE ARTIGO SÃO PROJETOS DE INTERIORES, DESIGN DE MOBILIÁRIO E EXECUÇÃO DA ARQUITETA IGNEZ FERRAZ


'Cores e novos formatos no mobiliário infantil estimulam de uma maneira lúdica o interesse pelo próprio quarto'





Sabe-se que 50% da habilidade do ser humano é alcançada por volta dos 4 anos e sua motivação na aquisição de conhecimentos depende menos de dons hereditários do que do meio social em que vive.
Apesar disso, somente nos últimos anos o usuário infantil vem se beneficiando com o interesse por parte dos arquitetos e designers na aquisição de conhecimentos de sociologia, psicologia e ergonomia infantis.





Estabelecimento das medidas das superfícies das atividades de estudo e repouso.
Fontes: “The measure of man” (H.Dreyfuss) e “Humanscale” (N.Difrrent, A.Tilley, J.Bardagjy)



A zona de estudos também pode estar situada em diferentes alturas: - A partir de 50cm, por exemplo, o espaço embaixo é perfeito para guardar brinquedos grandes e jogos, sem poluir visualmente este ambiente dinâmico com inúmeras caixas e sacos.



Um estrado com 50 cm de altura foi uma solução simples que encontrei para abrigar todas as “tralhas” do pequeno usuário. Um módulo com 25 cm de altura e 3 pequenas gavetas dá acesso à escrivaninha. Quadro de ímãs, prateleiras inclinadas para os livros e cabideiros completam o conjunto.


- Já o uso do jirau (ainda que em pequenas dimensões) é sempre interessante. Além do aspecto lúdico, permite um melhor aproveitamento do quarto, não sendo necessário que a criança caiba em pé sob ele, pois nesta faixa etária gostam de penetrar em ambientes menores. Para jiraus maiores que funcionam como um segundo pavimento, é necessário um pé direito superior a 3.30 m.



No seu jirau de estudo, André tem todos os equipamentos à mão: prateleiras, gavetas e quadro de ímã com cabideiro para a mochila. Sob ele, desenhei armário para os brinquedos grandes, enquanto os "degraus-gavetas" organizam os pequenos.


No canto de estudos, mesa e cadeira são as peças mais importantes, devendo possuir regulagens para que suas medidas possam permitir uma postura correta de acordo com a faixa etária.
A idade entre 3 e 12 anos tem sido a mais esquecida – com freqüência encontramos móveis para bebês e logo em seguida para adolescentes já em escala adulta. A criança que começa a alfabetizar-se, por exemplo, muitas vezes é obrigada a utilizar mesa e cadeira em escalas inadequadas. Os próprios pais contribuem para esta filosofia, esquecendo que durante anos estão privando seus filhos de um espaço mais ergonômico onde possam crescer aprendendo a exprimir e expandir sua criatividade.



Sob a janela, a mesa possui graduação dos 2 aos 12 anos, podendo seu tampo ficar reto ou inclinado. Uma grande “caixa” sob o tampo acomoda cadernos e livros escolares, enquanto a canaleta superior guarda as miudezas.
Recebi Certificado de Boa Forma Abimóvel por esta mesa-prancheta "Carolina", que faz parte de uma linha de móveis denominada “Beto, O Arquiteto”, finalista no concurso Movelsul.



Eletrônicos antes impensáveis nos cômodos infantis, hoje são objetos corriqueiros – micro computadores, impressoras, além de aparelhos de som, TV e vídeo/DVD. Locais adequados para estes itens e sua respectiva instalação elétrica devem ser previstos no projeto.






Esta mesa toda equipada projetei para a Paulinha. Seu tampo é retrátil, assim como a bandeja do teclado e a prateleira para impressora. Já o suporte do computador permite que seja suspenso à medida que ela cresça, já que tem apenas dez anos.


O local para guardar o material escolar tanto pode estar acoplado à mesa ou às estantes.



No mesmo quarto, caixinhas basculantes desenhadas especialmente para os cantos, ajudam na organização não só do material, mas também CDs e brinquedos miúdos. Os grandes são guardados nos gavetões da cômoda baixa, com previsão para a TV e o som, já que se situa em frente à cama.


Prateleiras com desenhos originais – escalonadas, curvas, recortadas - abrigam livros, bonecos e outros objetos. Cabides para mochila, quadros de desenho e ímã aumentam o conforto do estudante.



No quarto da Renata, minha idéia da prateleira escalonada surgiu para que limitasse o azulão que “escorre” do teto, dando um “toque” a mais no conjunto preparado para dividir com sua melhor amiga o local das fotos e os cabideiros para mochilas.


GOSTARAM DAS SOLUÇÕES?
Então nos contatem pelo e-mail grif@ignezferraz.com.br ou pelo tel. (21) 38133194.
Seus filhos poderão ter seus sonhos realizados. E vocês também, claro, pois projetamos toda a residência.


Nota: Leiam também sobre espaços para “brincar” e “dormir”.


E-mail recebido:


Olá, primeiramente queria parabenizá-la pela criação deste site, que é simplesmente fantástico. Meu nome é Juliana e sou estudante de design no RS. Já fiz um curso técnico em decoração, com duração de um ano e percebi que a sua linguagem é tanto técnica como acessível ao público em geral. Achei isto sensacional. Mas o meu objetivo com este e-mail, além de parabenizá-la, é o seguinte, eu vi no artigo espaço infantil-estudar, uma relação de ergonomia infantil que até então eu não tinha encontrado em nenhum livro!Fiquei muito interessada já que estou cursando uma disciplina de design de móveis e precisarei fazer uso deste parâmetro ergonômico pois projetei um móvel intantil. Então o meu pedido, Ignez, é que se fosse possível você me enviar por e-mail mais algum material sobre isso, já que o livro que você indicou no site é inacessível para mim.
Eu agradeço desde já...
Achei muito legal a sua iniciativa de colocar os outros sites que aparecem na busca do google.. isso mostra o quanto você gosta de compartilhar conhecimentos com o próximo!!!
Um abraço
Juliana-curso de Design-Ulbra-RS
 
Leia Também
 
 
Ignez Ferraz Perfil | Contato | Na mídia | Artigos | Dicas | Arquitetura, Interiores, Design-Móveis e Mostras.
  © 2003 Ignez Ferraz. Direitos reservados. Website by Felipe Memória