Ignez Ferraz, arquitetura & design  
Loading
     
PERFIL
CONTATO
NA MÍDIA
ARTIGOS
DICAS
 
Portfólio
DESIGN - MÓVEIS
ARQUITETURA
INTERIORES
MOSTRAS
MÓVEIS
Apoio
arquitetura & construção
design & internet
 
 home » artigos » quartos infantis - espaço para brincar
Quartos Infantis - Espaço para brincar
Por Ignez ferraz
Playing into colours and new shapes of children furniture


TODOS OS EXEMPLOS DESTE ARTIGO SÃO PROJETOS DE INTERIORES, DESIGN DE MOBILIÁRIO E EXECUÇÃO DA ARQUITETA IGNEZ FERRAZ


'Cores e novos formatos no mobiliário infantil estimulam de uma maneira lúdica o interesse pelo próprio quarto'



Esta é a Renata, cujo desejo era ter uma casa com varanda para suas Barbies. Mas claro que ela não esqueceu a cama extra da amiga!


Diferentes níveis, mobiliário lúdico ou elementos inusitados usados de maneira não convencional estimulam e são fundamentais para o desenvolvimento evolutivo das crianças.
O mobiliário infantil deve abranger diversas funções de forma flexível, refletindo o mundo de sonhos e fantasias próprios de cada idade. Sonham com bar e penteadeira, casa com varanda, palco ou teatro para marionetes com alçapão.


Saltar, escalar, esconder-se e mirar-se são gestos de brincadeiras conhecidos – e é através deles que a criança observa, descobrindo os mistérios do mundo que a cerca. Portanto, para a zona de lazer uma área livre não é o suficiente – é preciso a participação do próprio mobiliário nas atividades imaginadas.



Canto com mini-camarim para Alice: espelho com luzinhas e porta-maquiagem, cadeira, barra para exercícios de alongamento, além de quadros para desenho. Estes são rebatíveis, transformando-se em mesa (quando apenas um é virado) ou num verdadeiro palco para a bailarina. A maninha pequerrucha aproveita para brincar de túnel.


O espelho, objeto que exerce fascínio sobre todas as crianças desde a mais tenra idade, já não é privilégio das meninas e nem precisa esconder-se atrás das portas dos armários. É elemento importante no imaginário infantil, ampliando o ambiente, complementando móveis, criando jogos ilusórios.



Esta é a penteadeira da Paulinha. Fechada como mesa é “bonitinha”, mas quando ela abre ...aí é lindinha!
Já Julia prefere o espelho para se mirar inteira no quarto ultra feminino, onde listras e losangos alegram portas, paredes e cortinas.






No espaço infantil, novas propostas estão surgindo, redefinindo-se conceitos ou funções que há anos eram pré-estabelecidos. É o caso da tradicional cortina, que dá o toque de surpresa ao ambiente, assumindo novas posições como teatro de marionetes, camarins ou simplesmente individualizando o espaço comum.



Cortininha sob mesa curva serve para Renny brincar de marionetes.
No tablado, um alçapão esconde a “artista”. Fora da brincadeira, o local serve para ela e Deco “trabalharem”.



Em áreas reduzidas o planejamento deve ser total. Outra maneira de solucionar pequenos espaços é através de móveis que se locomovam ou se superponham, não ocupando um lugar definido no ambiente.



ACABAMENTOS


No piso, laminados, revestimentos vinílicos ou cerâmicos.
Nas paredes, o uso de papel (sempre lavável) deve ser de preferência à meia altura (com desenhos discretos ou em riscas) ou limitado a faixas com os motivos mais apreciados – esportes, transportes, animais. O emprego de grandes adesivos em destaque, com temas escolhidos pelos pequenos proprietários, é muito atual. A opção apenas pela pintura – plástica ou acrílica – torna o ambiente mais prático na composição com os móveis e outros complementos. Riscas grossas pintadas à mão livre também enriquecem o cômodo, assim como uma parede (ou trecho) com tinta imantada para encheeer de bilhetinhos e fotos de amigos(as) e namorado(a), é claro!


Para o mobiliário, madeiras (sempre evitando os cantos agudos) nas estruturas, e laminados melamínicos em diversas cores nas demais superfícies. Móveis laqueados também resistem aos “maiorezinhos”.


CORES


Qualquer cor pode ser empregada. Partindo das preferências básicas do pequeno proprietário, o arquiteto deve compor com equilíbrio os tons de acordo com seus valores de brilho e intensidade.
Os pastéis podem ser utilizados em superfícies mais extensas do que os tons fortes. Cores metálicas ou néon ficam melhores nos detalhes – gavetas e puxadores.


GOSTARAM DAS SOLUÇÕES?
Então nos contatem pelo e-mail grif@ignezferraz.com.br ou pelo tel. (21) 38133194.
Seus filhos poderão ter seus sonhos realizados. E vocês também, claro, pois projetamos toda a residência.


Nota: Leiam também sobre espaços para “dormir” e “estudar”.


E-mail recebido da Lacca, que agora oferece linha infantil:


Olá Ignez,
Gostei muito do teu trabalho, ficou muito bom e fácil de entender, mesmo para o mais leigo. Parabéns!!
Quando precisar de algo "especial" é só falar, temos condição de atender.
Grande abraço.
Renato Cacciola
 
Leia Também
 
 
Ignez Ferraz Perfil | Contato | Na mídia | Artigos | Dicas | Arquitetura | Interiores | Design-Móveis | Mostras.
  © 2003 Ignez Ferraz. Direitos reservados. Website by Felipe Memória