Ignez Ferraz, arquitetura & design  
Loading
     
PERFIL
CONTATO
NA MÍDIA
ARTIGOS
DICAS
 
Portfólio
DESIGN - MÓVEIS
ARQUITETURA
INTERIORES
MOSTRAS
MÓVEIS
Apoio
arquitetura & construção
design & internet
 
 home » dicas » o paraíso encantado de bali
O Paraíso Encantado de BALI
Por Ignez Ferraz
BALI – Enchanted Paradise


O filme “Comer Rezar Amar” estrelado por Julia Roberts e alguns minutos finais com Javier Bardem (que ‘tenta’ ser o brasileiro Felipe) foi baseado no best-seller americano com mais de quatro milhões de cópias vendidas. Escrito pela jornalista Elizabeth Gilbert, relata suas experiências vividas na Itália, Índia e Bali, em busca de autoconhecimento. Fora as trilhas sonoras de “Wave” (Tom Jobim) e “Samba da canção” (Vinicius de Moraes e Baden Powell) o filme é puro clichê do início ao fim.


Mas salva-se BALI, ilha indonésia a oeste das ilhas Lesser Sunda, entre Java e Lombok, territórios que também abrigam outros fantásticos resorts da Ásia.


WELCOME THE WHOLE WORLD TO VISIT OUR WONDERLAND!



Bienvenue, Bienvenido, Bienvenuto...BEM-VINDO!


O hinduísmo é a religião principal entre mais de 90% dos seus 3 milhões 550 mil habitantes. Denpasar é a capital desta ilha voltada para o turismo e reconhecida pelas suas Artes – música, escultura, pintura, dança, artesanatos de couro e metal.


FOUR SEASONS BALI



Situado a 35 km a norte do aeroporto de Denpasar, junto à aldeia de Sayan, este hotel é um verdadeiro conto de fadas – de nenhum outro se tem uma vista tão bela de Bali e a garantia da marca Four Seasons.


Inaugurado em 1998, procura refletir a paisagem mística dos montes que rodeiam Sayan, onde só se ouvem pássaros e as folhas das plantações de arroz, enquanto a selva brilha numa miríade de tonalidades de verdes quase sobrenaturais. O mobiliário ao estilo balinês antigo, a madeira teca, e as pedras naturais formam agradáveis salas de estar.
São 18 suítes a partir de U$ 450 por noite e 42 chalés de U$ 575.



A refeição pode ser tanto oriental quanto ocidental, assim como ‘ligeiras’ servidas no Ayung Terrace e no Riverside Café, ou bebidas no Jati Bar. Gozam da magnífica paisagem de rio e montanhas, longe da barulhenta Ubud, a mais famosa cidade dos artistas de Bali.



No Spa pode-se desfrutar de massagens tradicionais...



... e banhos de pétalas de flores (aaahhhh!)



BEGAWAN GIRI ESTATE



Situado a 20 minutos de Ubud em direção ao norte ou uma hora do aeroporto de Denpasar, este Hotel-Spa, construído em 1999 pelo casal britânico Debbie e Bradley é quase uma experiência espiritual.


Quatro elementos se destacam: a brisa fresca sobre a varanda, a pedra em bruto, a lareira privativa, a piscina aparentemente sem bordas.



No Spa The Source pode-se receber uma massagem nos pés com óleos balineses.



São 22 suítes decoradas individualmente com preços a partir de U$ 475 por noite ou ainda 5 residências com mordomo individual a U$ 2.375. As refeições internacionais com influência indonésia podem ser servidas ‘in loco’ ou no restaurante Biji.



AMANKILA



Localizado em Manggis, a uma hora e meia de carro ou 15 minutos de helicóptero do aeroporto de Denpasar. Inaugurado em 1992, destaca-se pela privacidade total à beira de magníficas piscinas.


A exclusiva estância na costa oriental de Bali fez dos degraus o seu símbolo – os pequenos conduzem a canais cheios de flores de lótus, uma piscina com três terraços em cascata desce em direção ao mar e estreitos lances de escada interligam todas as suítes e o restaurante – que oferece cozinha indonésia, asiática e ocidental. Tomar chá de gengibre na Biblioteca acompanhado de bolos balineses é experiência memorável.



São 34 suítes a partir de U$ 625 por noite, 9 de luxo com piscina (U$ 1000) e a Amankila, por U$ 2.400.



Banheira com pétalas e vista... dá pra ver que é esta a minha ‘loucura’!



Obs: Pensando bem, se os personagens - o viúvo Sr. Chu e a vizinha Sra Liang - do ótimo filme “Comer Beber Viver” (candidato ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1994, dirigido e roteirizado pelo sensível Ang Lee), tivessem passado alguns dias neste Hotel (já que os outros são posteriores à película), teriam evitado vários dramas e a história seria uma deliciosa comédia romântica, como havia sido “Banquete de Casamento” no ano anterior.
 
Leia Também
 
 
Ignez Ferraz Perfil | Contato | Na mídia | Artigos | Dicas | Arquitetura | Interiores | Design-Móveis | Mostras.
  © 2003 Ignez Ferraz. Direitos reservados. Website by Felipe Memória