Ignez Ferraz, arquitetura & design  
Loading
     
PERFIL
CONTATO
NA MÍDIA
ARTIGOS
DICAS
 
Portfólio
DESIGN - MÓVEIS
ARQUITETURA
INTERIORES
MOSTRAS
MÓVEIS
Apoio
arquitetura & construção
design & internet
 
 home » artigos » les bouquets
Les Bouquets
Por Ignez Ferraz
No artigo “Rosas, rosas, rosas...” declaro minha paixão pelas flores. Ou seja, sou absolutamente igual a quase todas as mulheres. Estou dizendo isso porque descobri esta semana que meus filhos me acham uma “mamãe-figuraça”. Pode?


Bem, para mostrar que não sou tão “comum” nem neste quesito (acho que quero que eles continuem pensando assim – já me explicaram que é um elogio), vou apresentar-lhes dois fleuristes belges cujos trabalhos me fascinam : Daniël Ost e Marcel Wolterink. Que tal comemorarmos o “Dia das Mães” comungando com suas idéias?



Daniël Ost costuma utilizar velas nos seus arranjos. Ótimo para centro de mesa numa comemoração à noite, como nas grandes festas atuais.



Já Marcel Walterink propõe uma série de “bouquets-gâteaux” sobre pequenas mesas individuais. Podemos adaptá-los no aparador e comemorar em conjunto com outras mães. Que tal?


Como vocês podem ver, os belgas não são bons apenas nos chocolates, cervejas e crepes. São craques nas artes e inovadores na moda com o Grupo da Antuérpia (por isso são influenciados por Dries Van Noten).


É claro que suas maiores inspirações vêm do JAPÃO (será por isso que me encantei por suas criações? Vejam outras idéias em “It Nipônico” ). Do estilista Yamamoto (leiam também “Gueixas de Hokusai” sobre este tipo de indumentária) aos modernos paisagistas japoneses (atualizem-se em “Pedra, Bambu,Água” ). Foram eles que fizeram que o estilo campagne evoluísse para o minimalismo.



Este tradicional bonsai “Juniperus Sargentii” tem 25 anos de idade e 75 cm de altura. Ost faz sua releitura com um arranjo que denominou “Arquitetura vegetal”.



Arranjos típicos japoneses inspiram...



... diferentes interpretações em Daniel e Marcel


Na verdade, como são artistas avant-garde, estes floristas podem inovar à vontade: ambos gostam de trabalhar com galhos e, às vezes, prescindem inclusive do elemento–chave: as FLORES!



Ost costuma utilizar frutas entre os galhos, principalmente as maçãs



Wolterink – mais “minimal”, impossível!


P.S. Sabe quem pode fazer para você arranjos tão criativos e inéditos quanto estes? Minha também criativa e “amiga-figuraça” Tuca Loeb!


Grande Figura-Amiga é você, Ignez. Me senti muito honrada com a citação. Adorei a forma da sua página e adorei os exemplos mostrados. Vou te mandar uma foto que agrega tanto décor de festa quanto um arranjo que considero bárbaro.
Beijos e não desapareça,

Tuca
 
Leia Também
 
 
Ignez Ferraz Perfil | Contato | Na mídia | Artigos | Dicas | Arquitetura | Interiores | Design-Móveis | Mostras.
  © 2003 Ignez Ferraz. Direitos reservados. Website by Felipe Memória